Como a lateralidade se desenvolve nas crianças?

Lateralidade é onde uma das duas metades do cérebro se torna dominante e assume o controle das habilidades, a dominância de um lado do corpo sobre o outro. De fato, isso acontece porque um dos hemisférios do cérebro declara supremacia sobre o outro.

 

Foi esta a explicação que a querida Marília Verni. Mas curioso, e como a conversa estava ótima, pedi para ela expor em texto o assunto, e trago para você um incrível texto sobre o assunto lateralidade!

Com vocês, Marília!

 

Este conceito refere-se à capacidade do cérebro de controlar os dois lados do corpo. A lateralidade em crianças acontece por volta dos 4 ou 5 anos.

Tenho dois filhos meninos e eu e meu marido somos destros. Nosso primeiro filho também é destro e agora meu segundo filho (com 5 anos) está bem propenso a ser canhoto. Fui chamada na escola pela professora que confirmou nos desenhos e agora nas primeiras letrinhas que ele tem maior dominância para escrever com a mão esquerda.

Esse detalhe me chamou atenção e resolvi pesquisar mais sobre o assunto e entender como isso se desenvolve nas crianças.

Como a lateralidade é desenvolvida

 

Para se desenvolver completamente neurologicamente, as crianças devem ter uma dominância hemisférica em todas as áreas funcionais. Em outras palavras, isso significa que se uma criança usa a mesma mão consistentemente, ela também deve combinar com seus olhos, ouvidos e pernas.

Cada hemisfério do cérebro controla diferentes tarefas e funções. As crianças desenvolvem habilidades manuais através de brincadeiras e outras atividades. Além disso, elas descobrem o que podem fazer com as mãos.

Assim, as crianças começam a mostrar a lateralidade de suas mãos em tarefas funcionais. Isso ocorre porque um lado do cérebro ganha domínio. Portanto, permite que as crianças prefiram usar uma mão sobre a outra.

No entanto, qualquer problema de lateralidade pode causar dificuldades de aprendizagem em algumas áreas. Estes problemas podem afetar a leitura, audição, mobilidade, linguagem e habilidade manual, especialmente a escrita.

 

Quando a lateralidade se desenvolve nas crianças?

 

A lateralidade é definida pela idade escolar. Entre os 2 e os 5 anos, as crianças usam as mãos para brincar, desenhar, comer e se desenvolver.

Portanto, uma vez que atingem a idade escolar, deveriam ter atingido sua lateralidade.

A verdade é que os hemisférios esquerdo e direito do cérebro controlam a ação motora em lados opostos do corpo. No entanto, essas metades não são iguais no controle de diferentes tipos de comportamento. Isso resulta em viés de uma mão sobre a outra para determinadas tarefas.

 

Esse domínio de um hemisfério para certos comportamentos é chamado de lateralidade cerebral. Há razões claras para o porquê dessa característica ter evoluído.

  1. Ter um hemisfério que assuma o controle de um processo reduz a possibilidade de ambos os hemisférios competirem para controlar uma resposta. Além disso, processos diferentes, como a linguagem, funcionam igualmente em ambos os lados do cérebro.

 

  1. À medida que começam a desenvolver suas habilidades motoras, as crianças podem usar as mãos esquerda e direita igualmente para ações simples. Por exemplo, eles funcionam da mesma maneira para alcançar objetos. Isso ocorre porque as duas mãos podem executar a tarefa com facilidade.

 

No entanto, para a maioria das crianças, tarefas mais complexas exigem habilidades de processamento especializadas. O hemisfério esquerdo está encarregado disso.

 

Como podemos ajudar as crianças a desenvolver a lateralidade?

 

As atividades que contribuem para o desenvolvimento de uma mão preferida são aquelas que estimulam e ajudam a amadurecer as vias cerebrais em ambos os lados do cérebro. É importante notar que muitas dessas atividades devem se concentrar mais em todo o corpo. Eles não devem se concentrar apenas nas mãos das crianças.

Movimentos que envolvem girar, rolar, cair, balançar e dançar estimulam o equilíbrio em partes do cérebro.  Estes desempenham um papel importante em dizer ao cérebro onde o corpo está no espaço. Eles também ajudam nos movimentos necessários para postura, resposta a estímulos e ação.

Da mesma forma, as crianças precisam de bom equilíbrio e coordenação adequada para o desenvolvimento e a destreza do cérebro saudável. No entanto, tenha cuidado para não exagerar nesse tipo de atividade.

Todas as crianças têm habilidades específicas. Portanto, você precisa respeitar suas habilidades e reações.

 

Lateralidade em crianças: canhoto ou destro?

 

Segundo a psicologia biológica, a lateralidade é o desenvolvimento do funcionamento especializado em cada hemisfério do cérebro ou do lado do corpo que cada um controla.

O exemplo mais óbvio de lateralidade é como as crianças usam as mãos. É a tendência de usar uma mão ou outra para realizar atividades diferentes.

É normal referir-se a pessoas como destras, canhotas ou ambidestras. As pessoas são muito diferentes na gama de atividades que usam com uma determinada mão. Além disso, elas diferem em suas habilidades para cada mão. Muito provavelmente, ninguém usa exclusivamente sua mão direita ou esquerda.

Finalmente, a lateralidade em crianças fornece uma nova maneira de entender melhor a relação entre organização, função e comportamento do cérebro.

 

Dica final

 

Não tenha pressa para que seu filho alcance esses estágios. Cada fase dá às crianças as experiências necessárias para alcançar a próxima.

Tudo tem seu tempo e sua hora e aqui em casa decidimos ainda não nomear nosso filho como canhoto e sim aguardar as próximas fases para ver se isso se confirma.

 

Sou Marília Tannuri Verni. Mãe de 2 meninos (Ian – 11 anos e Lorenzo – 4 anos), publicitária, idealizadora do portal Grávida em Campinas e proprietária da loja infantil on line Petit Papillon Bebê & Criança. Uma apaixonada pelo universo infantil e por todas as chances que a maternidade nos proporciona.

 

Muito bacana o assunto não é?

E você, gostou? tem dúvidas? Se tiver me fala que a Marília responde com prazer!
Ah, ela tem uma loja incrível que vale a pena conhecer, a Petit Papillon Bebê & Criança

11 Comments
  • Lidiane Malheiros
    fevereiro 25, 2019

    Amei demais esse artigo. Super interessante. Tenho um sobrinho de 8 meses e é uma descoberta atrás da outra. Até mesmo pra nós já que é o primeiro neto, primeiro filho, primeiro sobrinho… Adorei seu blog. Parabéns.

    • Adriano BISKER
      fevereiro 25, 2019

      Filhos: Descobertas diárias, sem parar! Obrigado pelo carinho!!

  • Stephany Story
    fevereiro 25, 2019

    Nossa esse texto é muito interessante e a leitura e gostosa, acho tão interessante, aqui em casa minha sobrinha e a família toda mora junta.
    Meu noivo é americano então ela está desenvolvendo também está aprendendo e ouvindo português que é a língua materna e paterna e do meu lado e do meu noivo falamos quase sempre em inglês pois ele não fala muito portuguese, então ela com quase três anos sabe muito algumas palavras e cantar, na escola falaram que ela fala as cores em inglês, acho tão fofo ❤️ A melhor coisa é ver ela se desenvolvendo o bilíngue.
    Vou compartilhar esse post com minha irmã.

  • Keila
    fevereiro 25, 2019

    Olá Adriano não conhecia nada sobre esse assunto e me deixou muito surpresa que existia. E como é importante!
    Aqui o texto me esclareceu muitas coisas na qual nem imaginava assim como me ajudou, tenho certeza que irá ajudar muita gente!
    Abraços

  • Rayanni A
    fevereiro 26, 2019

    ótimo post, adorei! Tenho um sobrinho de 2 meses e eu não vejo a hora de ver todo o desenvolvimento dele, quero acompanhar e incentivar as descobertas! irei procurar a lojinha
    !

    • Adriano BISKER
      fevereiro 26, 2019

      É uma delícia esta fase de aprendizado e desenvolvimento! Obrigado pelo carinho!

  • Letícia Franca
    fevereiro 26, 2019

    Olá!

    Achei muito interessante esse assunto sobre o desenvolvimento da lateralidade nas crianças. Eu mesma, não sabia como isso funcionava e nem que uma criança que ‘aparentemente’ é canhota, pode vir a ser destra com o tempo.
    Adorei a matéria!

    Grande beijo,
    https://almde50tons.wordpress.com/

  • Alice Martins
    fevereiro 26, 2019

    Olá,

    Esse texto despertou bastante a minha curiosidade sobre o assunto e acabei sabendo de fatos que não tinha a menor ideia. Esse assunto de lateralidade é bem interessante e a explicação foi muito bem feita no texto. Aqui em casa minha mãe e meu pai são canhotos, mas nasci destra. É interessante ver como isso funciona nos mínimos detalhes. Adorei o post, muito bom!

    Beijos!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.