Curiosidades de escolas ao redor do mundo

Cada país possui a sua peculiaridade em relação à cultura, aos valores, à educação infantil e à criação dos filhos.

No Canadá, por causa do grande número de pessoas alérgicas a amendoim. Quem tem alergia precisa usar um bracelete e sempre carregar consigo uma seringa com remédio para ser usada em caso de choque anafilático.

Pulseira para quem tem alergia

Na França, as crianças têm diversos períodos de férias.  Tem o dia das Bruxas em Outubro. Antes do Natal até depois do Ano Novo mais férias. Entre fevereiro a março são as férias de inverno. Em abril, férias de primavera. E em julho, as férias de verão. 

Várias férias durante o ano

Na Finlândia, os jovens só começam a levar tarefas para casa a partir dos 16 anos. As aulas de reforço são frequentadas não só pelos alunos que estão com dificuldade, mas também por quem tem  um bom desempenho. 

Pouca lição de casa e reforço à vontade

Organização da escola e leite puro no lanche.

No Japão, depois das aulas, os alunos descansam e fazem a faxina da escola. Todos os alunos dos anos que correspondem à pré-escola e ao ensino fundamental têm de participar.

Ninguém é reprovado

A escola Summerhill, em Suffolk, a duas horas de Londres, é democrática. Frequentar as aulas de qualquer disciplina é opcional , a escola não tem prova, nem reprova os estudantes ao fim do ano letivo. Eles têm entre seis e 17 anos, são de várias partes do mundo e moram na instituição .

Bonecos assexuados

A escola Egalia, na Suécia, foi criada em 2014 para trabalhar questões preconceituosas sobre estereótipos de gênero. As crianças têm acesso a bonecos assexuados, os professores chamam os alunos de "amigos". O material didático é adaptado para evitar  o acesso a imagens e conceitos estereotipados.

Banheiro para transexuais

Estudantes transexuais podem usar um banheiro especial na escola Kampang, na Tailândia. O  cômodo tem na porta um boneco metade rosa, metade azul.

Assembleias

Na Escola da Ponte, na cidade do Porto, em Portugal, os alunos não são divididos em classes nem em anos de escolaridade. Todos os temas relevantes para a comunidade escolar são discutidos e resolvidos em assembleias.

Os sapatos são opcionais nas escolas da Oceania

Em alguns países da Oceania, como Austrália e Nova Zelândia, os alunos não são obrigados a usar sapatos na escola. No entanto, esta regra pode depender do clima.

As crianças vão de helicóptero para a escola

Os Nenets são pessoas que vivem no Ártico e para que seus filhos possam ter uma educação básica usam helicópteros para pegar as crianças e levá-las para a escola, onde ficam por 9 meses antes de voltar para casa. 

Uma escola dinamarquesa substituiu as salas de aula por “zonas de estudo”

O Ørestad Gymnasium é uma escola sem salas de aula. Em vez disso, eles têm zonas individuais e de grupo e locais de reunião. Possuem uma “sala de aula visual” com aulas totalmente ensinadas por computadores e iPads.

Se você  curtiu o conteúdo Siga o nosso Instagram