Show: Zaz que incrível!

Por 0 , , , , Permalink 1

No meu blog não irei falar somente os meus filhos e assuntos relacionados ao universo dos bebês. Afinal, somos 8 e também acontecem coisas comigo e a Ló!

Assim, quero contar sobre a minha noite de ontem: Fomos no show da Zaz no Bourbon Street.

Alias, este local me traz ótimas recordações, além de show incríveis que já fui é o local onde levei a Ló para sair pela primeira vez (este momento fica para um outro post 🙂 )

Da Zaz?

 

 

A primeira vez que ouvi Zaz cantando foi em um vídeo que a Ló me mostrou, onde ela tocava Les Passants, (clique ver) música que faz parte de seu primeiro álbum (Zaz, de 2010), filmado no meio da rua, acompanhada de somente um violão e nada mais. Adorei de cara!

Ano passado ela veio fazer um show no Sesc Pompéia, ao saber, fui correndo comprar.. Frustração total, ingressos esgotados em minutos. Até tentei ir no dia do show comprar na porta.. sem chances.

Ao descobrir que ela ia voltar, não bobeei, consegui comprar no primeiro dia, quando se esgotou novamente, Daí veio a informação do show no Ibirapuera e o segundo show no Bourbon, mas os nossos ingressos estavam na mão!

A minha primeira impressão do show?

– Canta fácil esta mulher hein?

Da Ló?

– Arrepiei toda ao ouvir ela começando a cantar!

E realmente, ô mulher versátil. Muda do jazz para rock, para chanson francais, experimentalismo, pop, romantismo, flamenco com extrema desenvoltura e facilidade!

Com o apoio da enorme banda, todos bem apertado no enxuto palco do Bourbon. deu uma sensação de “pocket show”.

 A banda entrou, literalmente, arrepiando, super carismática, Zaz abusou de palavras em português (alíás, teve direito até música em português, “Samba em prelúdio”, de Baden Powell e Vinicius de Moraes, com um sensacional solo de saxofone).

Nas música que predominava o romantismo foi uma ótima oportunidade para namorar a minha mulher, embalado por uma suave de deliciosa voz. Alias, o sotaque francês é tudo de bom!

 Com a pegada mais rock, todos acompanhavam a vibe da cantora, pulando, cantando e dançando juntos.

 

 Em relação ao pessoal da platéia, fiquei impressionado, nem parecia que estava no Brasil, uma galera mais velha, estilo europeu mesmo, (ou faz tempo que não saio e que acho legal observar as pessoas?)

 Voltando ao show (não sou critico de música, não irei colocar as músicas tocadas) durou cerca de 2 horas, com direito a 3 músicas de bis e longas declarações apaixonadas da cantora, saímos com um sorrisão no rosto, acabados fisicamente (idade?).

 

 

 Chegamos em casa, bem na hora da mamada, perguntamos para a Ana, nossa babá da noite e a Vivi, minha cunhada como foi?

 – Tranquilo, achei que vocês iam aproveitar e sair para comer algo!

 Ou seja, a cunhada queria ficar mais com as meninas!  🙂

 Mas teve troco delas, acordaram as 04:00hs com fome e não pararam de chorar por umas 2 horas, mesmo depois de comer!!!

 

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.