Feliz Chanucá!

Por 12 No tags Permalink 5

Feliz Chanucá! Feliz Chanucá!

Que tanto que lemos e ouvimos estas palavras estes dias?

Bom, Chanucá significa, literalmente, “Inauguração”. A festa recebeu este nome em comemoração ao fato histórico de que os macabeus “chanu” (descansaram) venceram a batalhas no “cá” (25º dia) contra os Gregos, que queriam difundir a cultura Helenísta.

Por que comemorar?

Antiocus, o rei da Síria que governou a Terra de Israel depois da morte de Alexandre, o Grande. pressionou os judeus a aceitarem a cultura greco-helenista, sendo apoiado por milhares de soldados de seu exército.
Em 165 AEC, os Macabeus, em minoria,  saíram vitoriosos da batalha travada contra o inimigo, expulsando-os.O Templo Sagrado foi novamente purificado e consagrado e a Menorá (candelabro) reacesa com o azeite puro de oliva, descoberto no Templo.
A quantidade encontrada era suficiente para apenas um dia, mas milagrosamente durou 8 dias, até que um novo óleo puro pudesse ser produzido e trazido ao Templo.
Em lembrança destes dois milagres, comemoramos Chanucá durante oito dias.

E isso aconteceu há mais de 21 séculos atrás! E continuamos comemorando a chamada Festa das Luzes.

As famílias acendem o candelabro (a menorá) todas noites, durante 8 dias.

E para incrementar esta postagem, pedi para que algumas mães fizessem, com seus filhos, cada um de seu jeito, um candelabro para chamar de seu, e assim, tivemos muitas casas iluminadas nesta semana!

Veja que show os trabalhos!

 

Este trabalho foi feito com caixinhas de madeira. Tinta, dedal e velas,

 

Aqui foram utilizados potinhos de vidro (tipo homeopatia), guache, lantejoulas e cola.

Quem não brincava com estas casinhas quando criança né?  Material usado: Maadeira, tinta, ilhoses de metal, cubinhos de brinquedo, cola bonder e botoes.

 

Este ficou Super!!! Usaram palitos de sorvete, com cola branca, onde foram colando um ao outro ate dar o formato. Depois pintaram de branco para a primeira mão de tinta. Para as velas usaram capsulas de café usadas, e o shamash tem um porta doce embaixo da cápsula. Depois de tudo colado, uma camada de tinta preta, e depois finalizado com a pintura de homem aranha.

Já a Fernanda e sua mãe usaram de material biscuit, cola colorida , caixinha de acrílico água (a ideia era colocar óleo pra lembrar o óleo do milagre de chanuka), lantejoulas, adesivos. Criativo né?

E a Débora criou a partir de uma peça de madeira rústica, utilizaram biscuit feito em casa e tingido com corante. Demoraram com cola plástica colorida e na lateral fizeram um acabamento com tiras de papel colorido.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

E A minha esposa, que por termos trigêmeas, criou 3 (é, mãe de trigêmeas tem destas coisas!) fazendo com os seguintes materiais: Caixa de madeira, moedas, ilhós, estencil, tinta e cola araudite.

 

E você, criou alguma? Me manda que insiro neste post!

 

FELIZ CHANUCÁ!

12 Comments
  • Emerson Lemes
    dezembro 13, 2018

    Olá, está aí um artigo altamente cultural, eu confesso que não conhecia a data, muito menos os milagres dela, também serve como atividade.
    Muito interessante!
    Emerson Lemes.

  • Bianca Ribeiro
    dezembro 14, 2018

    Só cultura kkkkk
    Eu já tinha estudado sobre essa comemoração na faculdade e acho ela bem fofa, mas confesso que nunca comemorei. Gostei das suas ideias, super criativas! É um bom jeito de ensinar outras culturas pras crianças! Espero que tenha sido maravilhoso!

  • Lucas Alves
    dezembro 15, 2018

    A ideia é divina ainda mais fazer em família
    Parabéns pelo post

  • Nayla Vieira de Carvalho
    dezembro 15, 2018

    Muito o bom o post,achei bem explicativo,sem falar que sempre é bom conhecer outras culturas.É as artes ficaram muito bonitas.

  • Alice Martins
    dezembro 16, 2018

    Olá,

    Não conhecia muito sobre o Chanucá, então achei muito bacana você trazer uma explicação sobre o que é e como surgiu, serve para criar empatia para quem está o conhecendo em seus detalhes só agora.
    Achei lindo as mamães que fizeram esses candelabros com seus filhos, cada um mais criativo que o outro, ficaram todos lindos. Adorei!

    Beijos!

  • Malu
    dezembro 16, 2018

    Uma comemoração cheia de significado e uma festa linda! Muito criativos todos os candelabros, acesos com certeza devem ter sido um espetáculo encantador aos olhos.
    Feliz Chanucá!!

  • Raíssa Zaneze
    dezembro 16, 2018

    Olá! Eu achei uma gracinha os candelabros. Confesso ter me apaixonado pelos de casinhas da infância – de fato, quem nunca brincou com elas? – e pelo de Homem Aranha. Fiquei encantada com a criatividade de casa um. E achei bem interessante as curiosidades do Chanucá, que eu não sabia. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

  • Brenda Andrade
    dezembro 17, 2018

    Ei, que lindas as obras!!
    Legal que todas foram feitas usando materiais recicláveis para deixar ainda mais bonita a obra.
    Obrigada pela aula, eu não conhecia o significado de Chanucá. rs

  • Daniele Vieira
    dezembro 17, 2018

    Olá
    Nossa que bacana, não conhecia a data, e adorei ter esse novo conhecimento cultural, também achei bem interessante conhecer a história por trás da comemoração.
    Os menorás ficaram lindos, os que mais gostei foram os da sua mulher, mais sóbrios e elegantes, fazem mais o meu estilo.

    • Adriano BISKER
      dezembro 18, 2018

      Obrigado pelo carinho!!!! (eu também achei os da minha mulher o mais bonito!) mas sou suspeito! rs

  • Deisy
    dezembro 17, 2018

    Que lindo candelabros, adorei todas as ideias, não tenho muita habilidades artesanais, mas fiquei bem inspirada.

  • Saga Literária
    dezembro 24, 2018

    Olá, tudo bem?

    Achei a sua publicação extremamente interessante e cultura, não sabia dessas informações e achei legais os candelabros. Parabéns!
    Abraço!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.