Divertida mente – crítica

Por 3 , , Permalink 6

Fui ver com os meninos este filme que estava ansioso em ver.

Superou e muito as minhas expectativas. A Pixar mandou muito bem nesta nova animação.

O que me achou muito a atenção foi, além do visual, sempre impressionante, o roteiro. Com conceitos abstratos, (já que a história gira em torno da mente de uma garota, Riley) ficam como protagonistas cinco emoções: Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojinho.
Como sacada, cada emoção tem uma cor própria, de uma forma bem clara que as crianças captam na hora e absurdamente profundo para os adultos.

Me surpreendi com a facilidade de expor assuntos ligados à psicologia, como personalidade, inconsciência, formação dos sonhos, amigos imaginários. dentre outros.

O foco do filme está na alegria e tristeza, que, ao serem ejetados do cérebro (sala de controle) tem que se unir para voltar ao local. Neste momento a vida da personagem, Riley passa por mudanças bruscas.
Mudança literal, vez que o que ensejou todas estas emoções foi uma mudança de cidade que a personagem teve de fazer. Ou seja, novos amigos, nova escola, e, a forma como são expostas as analogias da vida real, (de uma forma infantilizada) cativa a todos que assistem.

Claro, há momentos hilários (ouvi os meninos rindo gostosamente em diversas cenas) e emocionantes, tudo mostrado de uma forma ingênua e cativante, com muitas cores e vibração. Confesso que chorei no filme!

O que me chamou mais a atenção: Que para crescermos, é importante termos o sentimento da tristeza e não escondê-la, pois é através dela que coisas boas como saudade e nostalgia surgem.

A coragem de expor tudo isso e ainda manter um visão otimista mostra quão corajoso e relevante “Divertida Mente” é. Considero um filme obrigatório para crianças e adultos!

Quando acabou o filme, conversando com os meninos, pedi para eles fazerem um “crítica” do filme:

– Achei legal e não chorei!

(Provavelmente foi quando um virou pra o outro, no meio do filme e cochichou:

– O papi está chorando!)

 

3 Comments
  • MARCOS
    dezembro 19, 2016

    Adorei esse filme! sempre fico assimilando as fases da Tarsila com as cenas do filme.

  • JAMILE ROMEU
    janeiro 14, 2017

    Eu amei esse filme!!!!! Sempre que acontece alguma coisa muito marcante com a Tarsila, eu me lembro das memórias da menina… Gostei da importância que deram para a unidade familiar e das aventuras!!

    • Adriano BISKER
      janeiro 16, 2017

      Este filme é algo mágico mesmo, uma das melhores produções animadas que já vi, adoro ver e rever e refletir com meus filhos!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.