Dia dos pais

Por 0 , Permalink 4

Hoje, comemoramos a data do dia dos pais.

Muitos me parabenizam por ser pai de tantos filhos.

Mas não venho aqui para falar sobre ser pai e sim sobre ser filho do meu pai.

Muitos tem a impressão que o pai é apenas o coadjuvante em nossa criação, o tal do “parceiro invisível” de nossa mãe. Não é o meu caso.

O meu pai em toda minha vida sempre esteve por perto, me apoiando, instruindo, moldando o meu caráter e até sendo o ombro para desabafos ao longo de minha vida, sempre que precisei.

Seu gosto pela leitura me influenciou muito para ser um leitor voraz, sua oratória, sua elegância e inteligencia me incentivou a seguir os mesmos caminhos trilhados por ele em nossa área de atuação, o Direito. Sua paixão pelo time São Paulo não só transmitiu para mim como passou aos meus primos, sendo o pai deles torcedor de outro time!

Não vou te falar que é fácil ser o filho de meu pai. Com sua presença marcante e atitudes fortes, ele domina o espaço que está presente. Aprendi a lidar com esta situação e hoje admiro e respeito esta figura.

Generoso, amável, capaz de doar um órgão se um filho ou querido necessitar, aprendi com ele muito do que sou hoje e carrego os ensinamentos a serem transmitidos aos meus filhos.

Orgulho-me de ser teu filho. Meu sangue é teu sangue. Orgulho-me muito disto.

Pai. te amo.

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.