Coisas simples que você pode fazer para seu filho

Vejo muitas pessoas me perguntando:

– Você me parece ser um bom pai, qual o segredo?

– O que você faz?

– Você escreve de um jeito simples, parece tudo fácil!

Primeiramente te garanto: Não é nada fácil.

Mas penso que não faço nada de especial e acredito que o diferencial fica nas pequenas coisas e isto realmente as tornam tudo mais importantes.

Digo pois sei que que não é fácil estar presente na rotina diária dos pequenos, mas sempre que puder, faça a sua parte:

Veja algumas coisas que faço com meus filhos (não que necessariamente esteja certo e você deve fazer igual e sim entender o que quero falar: Que as pequenas coisas realmente fazem toda diferença!)

. Arrumar as coisas da casa.

Da próxima vez que você decidir arrumar algo na sua casa, tipo o parafuso da maçaneta da porta, a tampa da privada ou construir algo, chame o seu filho para vir junto. Explique o que você está tentando realizar, e deixe os ajudar. Pode levar mais tempo para fazer o trabalho, mas você fará o dia do seu filho.
. Dançar com seus filhos.

Não importa se você não sabe dançar. Chacoalhe o corpo para um lado e para o outro, dê giros, salte para cima e para baixo. Crie festas de danças em família, seja um bobo. Coloque roupa na cabeça, óculos e acessórios divertidos. Não só você vai se divertir, e também  escutarão as suas músicas favoritas, criando laços familiares saudáveis ​​e formar uma memória positiva.
. Furar a rotina.

Algo que você e seus filhos podem fazer em conjunto de vez em quando. Pode ser preparar juntos o café da manha de domingo (em vez de colocar tudo na mesa e chamá-los para sentarem e comer)  Se conseguir, você pode sair mais cedo do trabalho e ir tomar um lanche com eles ou jogar uma bola.  Ou deixar eles ajudá-lo a se vestir de manhã (no meu caso, escolher a gravata ou  cinto, e assim por diante), ou até mesmo escovar os dentes deles durante a noite. nada disto que falei é especial, mas o tempo real que passam juntos será mais do que especial para seus filhos.
. Pergunte.

Pergunte sobre a escola, sobre seus amigos, o que está deixando eles preocupados. Mostre interesse, saiba ouvir. mesmo que eles respondam: “Não sei” ou “não aconteceu nada”  Se compartilharem um problema, não tente consertá-lo. Eu sei que é difícil, mas apenas ouça enquanto eles falam. Se você achar que precisa, você pode tentar incentivá-los suavemente em direção a uma solução. Mas, realmente, eles só querem que você ouça.
. Ensine as regras.

Quando você está assistindo seu esporte favorito na TV, ao acontecer algum lance olhe para eles e explique as regras do jogo para seu filho. Você provavelmente vai ganhar um amigo para assistir ao próximo jogo .

. Deixe mensagens.

Escreva um cartão. Envie uma mensagem. Seja um desenho uma frase ou uma foto, suas palavras significam o mundo para o seu filho.

. Converse sobre bobagens e amenidades

Conte piadas, relembre situações engraçadas que você passou em sua infância, faça os rir com besterias, no mínimo você ganha um daqueles sorrisos que lavam a alma.

. Leia em voz alta.

Acredite, o seu filho nunca é muito velho para uma leitura. Para as crianças mais novas, leia uma história antes deles dormirem. Para crianças mais velhas, vocês podem se revezar lendo em voz alta o mesmo livro.

. Curta o momento

É um bebê e ainda não tem comunicação? Você que pensa que não tem. O bebê pode não responder mas sente o seu carinho, o amor, entende o tom da voz. Conte sobre o seu dia. Cante um trecho de uma música que não sai da cabeça, sorria. O bebê irá amar!

. Trabalhar juntos

Se possível, leve seu filho para o trabalho. Mostre a sua mesa, onde você toma o seu café, mostre a sala de reunião.  Conte para ele a sua rotina no trabalho e o que você faz todos os dias quando está longe dele.
. Fazer o jantar.

Não importa se você é o chefe da cozinha ou se sua parceira faz o jantar. Escolha uma noite e faça o jantar com as crianças. Envolva-os para decidirem o que vão fazer, em seguida, peça para eles ajudarem no trabalho de preparar a comida (Bônus: Eles estarão muito mais propensos a comer o jantar que eles ajudaram a fazer!)
. Olhe fotos antigas

Se você tem um álbum de fotografias físico ou uma pasta de fotos no seu computador, sentem e e vejam as fotos de família. Reviva divertidas férias em família, os primeiros passos de seus filhos, e festas de aniversário.
. Apareça.

Para concertos na escola, jogos de futebol feiras de ciências. Seja qual for a atividade, esteja junto nesta hora.
. Abrace e beije

Muito. . E desde cedo. Mas certifique-se de que eles são de boa qualidade (abraços de pelo menos seis segundos ou mais). Eu te falo o motivo:  Quando seus filhos forem mais velhos os abraços viram aversão! 🙁

. Diga o que sente:

Diga sempre com vontade o quanto você ama eles. Diga o que pensa, de uma forma sincera (claro de um jeito que eles entendam, sem envolver eventual raiva). Sempre.

 

Eu não falei que eram coisas simples?

 

🙂

 

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.