Coisas que não faz de você um pai ruim

Por 1 , , , , Permalink 6

Meus filhos as vezes acham que eu sou um pai ruim porque eu não comprei um brinquedo incrível que eles tinham que ter e custava R$ X,XX.

Meus vizinhos sem filhos devem pensar que eu sou um pai ruim porque perdi minha calma uma vez e gritei com os meus filhos que estavam lutando como animais selvagens na sala…

Muita gente tem opiniões fortes sobre o que faz um pai ser considerado bom ou ruim. Mas o que é que eles sabem?

De pai para pai, digo algumas coisas e a certeza que se você fizer uma destas coisas você definitivamente não é um pai ruim, e sim um cara normal, então, seja bem-vindo ao clube!

– Comer porcaria no jantar:

Apesar das melhores intenções, as vezes não sai um jantar como você queria e acaba improvisa com um miojo com salsicha. Faz parte…

– Falar sem querer aquele palavrão cabeludo na frente dos filhos:

Se você realmente me dizer que você nunca falou uma maldição mal colocada aqui ou lá… Você é um mentiroso!
Xingar como se estivesse em um estádio de futebol ao ver o juiz apitar um pênalti inexistente contra seu time provavelmente não é a melhor das idéias, mas ninguém vai morrer se você perder a calma verbal e desatar uns palavrões de vez em quando. Nós, pais, somos humanos, afinal.

– Usar a TV como uma babá:

Vai me falar que nuca fez isto? Sábado ou domingo de manhã, seu turno para “cuidar” dos filhos, ligar a televisão em um canal infantil e aproveita o momento para dar uns cochilos… Quem nunca?

– Chamar seu filho pelo nome errado:

Este é para quem tem mais de um filho: Para chamar a atenção, para pedir uma coisa ou o que for, bradar o nome do filho errado… E insistir.. Eu prevejo em minha vida tantas trocas de nome!

– Olhar para o Facebook:

A Internet é a maldição e o melhor do entretenimento, compras, vídeos, jogos e, claro, o Facebook. Você não é um pai ruim se se esconder no ciberespaço para olhada no que as pessoas estão pensando…

– Reclamar de seus filhos para os outros:

Parte da beleza da paternidade é que estamos autorizados a rir. Podemos nos divertir com os que os filhos fazem. Podemos apontar para nós mesmos e achar graça no que temos de aturar. E sim, nós podemos desabafar com outros sobre o quão difícil é ter filhos.
E, veja! Isso é saudável, é normal!

Com certeza há muito mais coisas que você pode fazer para ganhar o terrível título de “pai ruim”, mas com certeza nenhuma destas que falei fará você ser merecedor deste título.

Se você amar seus filhos, mantê-los seguros e saudáveis, você está no caminho certo.

E você? Quais são as coisas que um pode achar que faz de você um pai ruim e você não se sente assim?

1 Comment
  • JAMILE ROMEU
    fevereiro 22, 2017

    A culpa nasce no momento em que eles saem da barriga… Ás vezes sofremos com uma situação que eles sequer repararam…. Me sinto culpada umas 157839 vezes por dia… mas passa!! Tarsila está feliz, gordinha e tagarela!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.