A propaganda polêmica

Nada como ter uma parceira antenada. A Mel deixa aqui sua opinião acerca da recente polêmica criada pela marca O Boticário.
Qual a sua opinião?

 

 

 

 

Feliz e ao mesmo tempo entristecida. Está é a mistura em mim agora.

Feliz por encontrar, na campanha de Dia dos Namorados do – O Boticário – Casais, a valorização do amor nas relações. Sejam elas homo ou heterossexuais.

Entristecida pela resposta impulsiva e impensada, de parte da população, à campanha. Vejam na net.

Eu acredito no amor. De fato! E vejo amor entre homens e mulheres, entre homens e homens e entre mulheres e mulheres. Como também vejo desamor e traição, desrespeito e promiscuidades e perversão entre todos estes arranjos.

Vamos combinar, né? A legalização somente da instituição família heterossexual (papai, mamãe e filhinhos), está para a manutenção de um sistema falho, que gera uma formação única de pensamento, infinitamente reduzida, preconceituosa e produz suas perversões. Porque, vamos combinar novamente, os desejos sempre estiveram mesmo que reprimidos.

Quero ressaltar aos olhos da minha filha e da minha família que o amor merece expressão na forma que vier. Que amar enriquece, acolhe, nos faz produtivos e felizes.
Ou será que a piada como resposta à campanha lhes agrada mais: “Pai de família descarta os produtos de O Boticário e decide comprar o presente da amante em outro lugar”.

Não desejo para quem amo, nem para o mundo, a dor da infidelidade, a dor da repressão, a dor de uma doença sexualmente transmissível, a dor de uma vida aceita daqui pra fora e mutilada daqui pra dentro.

Acho importante o exercício de vermos o amor em cenas homo ou heterossexual. Como acho importante também que mostremos nossa lamentação em cenas de desrespeito, deboche, promiscuidade em vínculos homo ou heterossexuais. Nunca viram?

O “certo” não é homem e mulher ou mulher e mulher ou homem e homem. O DIGNO É O AMOR entre eles. Entre nós!

Por um mundo onde a educação passe pelo respeito, o olhar busque ampliação e casemos com o amor da vida da gente.

Eu adorei esta campanha de O Boticário, uma propaganda corajosa, ética e estética para minha filha, e quem puder, aprender a ser maior.

Bj
Melka Romano

 

pic 2
“O Boticário acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha ‘Casais’, que estreou em TV aberta no dia 24 de maio, é abordar, com respeito e sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor – independentemente de idade, raça, gênero ou orientação sexual – representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados. O Boticário reitera, ainda, que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista”.

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.