Viajar com crianças: entenda os principais cuidados

Viajar com crianças: entenda os principais cuidados

Por Fabiany Lima*

 

Viajar é uma das experiências mais enriquecedoras da vida. Envolver toda a família – inclusive as crianças – é ainda mais gratificante. É uma oportunidade de melhorar o convívio, fugir da rotina, aprender e curtir o momento com quem você mais ama.

Mas também sabemos que viajar com crianças não é uma tarefa fácil. Como elas têm o próprio jeito de ver o mundo, é comum que as coisas fujam do planejado e a viagem possa se tornar estressante e cansativa.

Para minimizar as chances de imprevistos que prejudiquem esse momento em família, é importante tomar algumas precauções que começam muito antes da viagem e só terminam na hora de voltar.

 

Planejamento

A maioria dos problemas enfrentados na viagem são consequência da falta de um bom planejamento. A começar pela bagagem: faça um checklist e certifique-se de que não esqueceu de nada. Dependendo da idade do seu filho, itens como papinha ou fralda são primordiais e devem estar no topo da lista.

Verifique a documentação necessária para viajar para o destino escolhido. Em geral, só a certidão de nascimento ou RG já é o suficiente, mas destinos internacionais podem exigir passaporte, visto ou até vacinas específicas.

Por falar nisso, é sempre bom consultar um pediatra antes da viagem e verificar se seu filho está em boas condições para o passeio. Não existe uma idade mínima para isso, mas o recomendável é só levar crianças depois que elas completarem pelo menos 3 meses.

Por fim, se atente também ao transporte: se for de avião, verifique horários, tempos de viagem e lembre-se que escalas longas podem ser cansativas para crianças. Se for de carro, conheça bem o caminho, dirija com segurança e verifique itens de segurança como cadeirinhas.

 

Destino

Uma das escolhas mais importantes do planejamento é o destino. Para escolher o melhor lugar a visitar, é preciso pesquisar e ter muito bom senso. Primeiramente, avalie a idade do seu filho e quanto ele está acostumado a viajar. Por exemplo, se for a primeira experiência, vale a pena escolher um lugar mais próximo até para entender melhor suas reações, certo?

Crianças muito pequenas (de 0 a 2 anos) costumam ter horários definidos de mamar e dormir. O ideal é procurar destinos mais tranquilos, que não alterem essa rotina dos bebês. Quando estão um pouco mais velhas (de 2 a 4 anos), procure opções que disponibilizem espaços abertos e lazer, já que é uma fase de muita energia. Para crianças com mais de 4 anos, opte por destinos que despertem a curiosidade, estimulem o aprendizado e a socialização em atividades em grupo.

É claro que isso não é uma regra, já que cada criança tem seu próprio estágio de aprendizado. Mas o importante aqui é sempre pensar em qual tipo de lugar traria experiências mais positivas para seu filho.

Durante a viagem

Sabemos que crianças são ansiosas por natureza. Então, se você programou uma viagem longa, prepare-se para entreter seu filho. Tenha sempre em mãos brinquedos e joguinhos para que ele se divirta e se distraia durante a viagem.

Se estiver de carro, procure fazer algumas paradas para relaxar, comer alguma coisa ou até conhecer um novo lugar no caminho. Isso ajuda a tirar a criança a se distrair.

No fim das contas, o mais importante é ter paciência, saber conversar e entreter as crianças e entender que elas não estão acostumadas a ficar paradas por tanto tempo.

 

Chegando lá

Chegando ao destino, a maioria das preocupações já passou. Agora é hora de aproveitar os dias de diversão em família. Lembre-se que esses momentos são raros, portanto escolha atividades que vão realmente unir todo mundo.

É importante fazer o possível para equilibrar a vontade de todos os membros da família. Ou seja, você vai precisar procurar programas que sejam mais voltados ao público infantil, mas também não deve deixar de conhecer os lugares que deseja visitar. Desde cedo a criança aprende que precisamos respeitar a vontade de todo mundo.

Por fim, tome cuidado com as compras! Sabemos que crianças sempre querem tudo e, se formos permitindo, a conta no final da viagem pode ficar cara. Converse com seu filho e defina qual lembrança ou presente ele quer levar.

 

Depois destas dicas todas, trago mais uma incrível! Você pode criar um mapa interativo com todas as suas viagens, é o máximo de fazer e aprendi aqui no site da Michelandia!

 

Agora é só relaxar, botar o pé na estrada e curtir o momento. Boa viagem!

 

*Fabiany Lima é mãe de Gêmeas, escritora de livros infantis e criou o aplicativo Timokids, que oferece livros e jogos socioeducativos com ilustrações em 3D narrados e legendados em 4 idiomas e que estimula a interação da família.

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.