Um dia de folga no trabalho

Por 15 , , Permalink 4

Ou: Vai achando que é fácil!

Semana passada, com  a nossa babá, de férias, veio a minha esposa, precisando fazer alguns compromissos pessoais inadiáveis me pedir:
– Falta um dia no trabalho e fica em casa cuidando das meninas?

Respondi que sim. Sem problemas. Com o trabalho em dia, poderia me dar o luxo de faltar um dia e na hora pensei:
Oba: Um dia só meu com as trigêmeas, em casa? Vai ser o máximo, tiro de letra!

De alguma forma, as meninas encontraram alguma maneira de transformar um dia de doze horas em um de 312 horas. Foi um dos dias mais longos de todos os tempos!

Aqui está uma linha geral do tempo deste dia:

4:00hs am (ou um pouco antes): – Amor ela esta chorando, vai lá…
4:30hs am  (ou pouco depois) – Amor, ela ainda não dormiu, sua vez agora!
07;45hs : – Papaaai
07:49hs: – Papaaaaaaaaaai
07:53hs: PapaaAAAAAaaaaaaaaaAAAAAAAAIIIIIIIIIIIiiiii

Tá bom, chega, bora levantar!

08:00hs: Esposa sai e deseja boa sorte (Senti um ponta de ironia aqui?)
Preparo três mamadeiras. Fácil.
08:05hs: Troco a primeira bebê, chorando alto. Hun, deve ser a fome.
08:07:00hs Coloco no cadeirão e começo a troca da segunda bebê. Esta foi suave, que sorri e fala: Mamãe!
08:09hs Coloco a segunda no cadeirão, e começo trocar a terceira que está urrando na cama (Calma filha, sou apenas um, segura a bronca!)
08:13hs: Troco a terceira que se recusa a deixar colocar a fralda, se contorce, joga roupas no chão..
08;18hs: Finalmente as três trocadas, tiro a primeira do cadeirão e ponho a terceira (Temos 2 cadeirões. Se tivesse mais um, não circularia pela casa).

08:20hs: Coloco a playlist de músicas do dia.
08:35hs: Tiro as duas remanescentes do cadeirão
09:00hs: Gritos: Uma tirou o brinquedo da outra.
09:02hs: Choros. A primeira pegou de volta o brinquedo e a segunda não gostou.

09:10hs até 09:13hs Tomo (Ou será engulo?) o meu café da manhã. Com um olho no peixe (a minha comida) e outro no gato (as três circulando pela sala)

09:14hs: Sinto cheiro de número 2. (Em 2 bebês…)
09;15hs a 09:20hs Troco duas fraldas.
10:45hs Preparo o “almoço” (ufa, já está pronto, basta por no micro e esquentar)

11:00hs: Começo a dar comida para a primeira.
11:02hs: Ela recusa, vira a cara.
11:03hs: Ainda se debatendo, joga objetos que coloquei ali para entreter no chão
11:04hs: Desisto, entrego o meu celular de uma vez. Come feliz até o final.
11:10hs: A segunda começa a comer. Entrego o meu celular antes da primeira virada de rosto. (eu sei, desisto fácil)
11:11hs: A terceira está na minha perna chorando de fome.
11;20hs: A terceira começa a comer (esta não pede celular, está com fome mesmo)

12:00hs: Começo a preparar os banhos.
12:05 até 13:10: Tiro, em cada uma (de cada vez), a roupa, (choram porque não quer entrar no banho). Acabo o banho, (choram por que não querem sair do banho) coloco as fraldas, coloco as roupas (choram por que não querem colocar) ponho uma de cada vez para a cochilada da tarde. Milagre, elas deitam e apagam de sono.

Ufa! Posso desmaiar por uns minutos?

Não.

13:00hs: Arrumar toda a bagunça da sala. Almoçar. Agora sim, posso dar uma deitada.

Opa.

14:15hs Acorda (bem antes da hora) umas delas
14:16hs até 14:45hs Enrolo com a que acordou. Desce daí! Me devolve! Não! Já te falei NÃO!

14;45hs Começo o preparo o lanche da tarde.

15:00hs: Lanche da tarde da primeira, acordo as outras duas.
15:15hs até 15:30hs Dou todos os lanches da tarde. Suave. Estão de bom humor.

16:00hs: Gritos e choro – uma pegou o chapéu da outra. A outra foi proteger a primeira e puxou o cabelo da terceira.
16:01hs até 16:24hs. DESCE DAÍ. NÃO! Me traz aqui!. FILHA! VOU FALAR PELA 19ª. VEZ. DESCE. (estou brincando, eu falo uma vez e elas obedecem). Ahan.

16:25hs: Cheiro de número 2. Das três.
16:45hs Finalizo a troca de todas as fraldas

Daí até 18:00hs: Separar brigas. Colocar os sapatos das que tiraram. Tirar coisas estranhas e nojentas das bocas delas. Separar mais brigas. Virar saco de pancadas. Contar histórias. Cantar músicas e dançar. Inventar o que fazer. Colocar os sapatos de novo. Ouvir mais choros. Mandar descer (É A 35ª. VEZ QUE EU FALEI, DESCEEE!)
(Pensamento secreto:  Falta muito para a mamãe voltar para casa?)

18:00hs: Começo a preparar o jantar.

18:05 até 18:30 Mamãe chega (UHUUUUUUUU!!!!) e me ajuda a dar jantar.

18:30hs até 18:45hs. Milagrosamente elas comem direitinho. E sorrindo. Falando mamã pra cima e pra baixo. Pedem abraços. Beijam as irmãs. Trazem livrinhos e apontam pedindo para contar. (Será que é só porque a mãe chegou? Fico com esta pulga atrás da orelha).

19:00hs até 19:30hs  Trocar as roupas, colocar os pijamas. Preparar os leites, dar os leites. Escovar os dentes.

Antes da 20:00hs: Todas na cama!

20:15hs Papaá. Papaáá. Vou ver o que é. Caiu a chupeta. Coloco de volta, sem tirar da cama (não sou louco!).
20:25hs Conversas indistintas. elas estão fofocando (ou será planejando o que farão no dia seguinte?)
20:35hs. Acredito que o plano está elaborado, pois estão dormindo.

21:00hs:Esgotado, abro um cerveja. Brindo à minha mulher e mentalmente penso: Nunca mais farei isso! (como falei, foi um dos mais longo dia  que eu já experimentei!)  (Ou até a próxima vez que minha mulher pedir, pelo menos!)

02:00AM – Amoooooor, uma delas está chorando, vai lá!

:D

 

15 Comments
  • Michele Gobbato
    outubro 10, 2016

    Kkkkkk Adriano não fique bravo mas tive que ri com seu relato … Pois na hora já pensei “É nós mães somos demais” kkkk
    Mas falando sério parabéns aos dois pq com certeza são várias batalhas por dia cuidando das três..

    Mi Gobbato @espacodasmamaes

    • Adriano BISKER
      outubro 11, 2016

      Hahahahah não sei se é texto para rir ou chorar!!!!! E sim, são várias batalhas diárias!!!

  • fanny Carpentieri
    outubro 11, 2016

    EU RI MUITOOOOOOO
    hahahaaah Cara fiquei imaginado toda a cena enquanto eu lia.Faz um livro pelo amor de Deus! Você é demais kkkkk
    beijos
    -quando será a próxima saga?kkkkkk….

    • Adriano BISKER
      outubro 11, 2016

      Hahahahah só imaginando a cena né? Aqui estava quase chorando ao escrever e recordar deste “suave” dia!!!

  • Pauleni Gomes
    outubro 18, 2016

    Kkkkk morrendo de rir,porque por aqui é igual as brigas, os choros, não dormem, o banho ou seja tudo!!!! No desfralde já abri uma cervejinha de tão cansada que fico.

    #paisgemelares

    Nossasaogemeos.blogspot.com.br

    • Adriano BISKER
      outubro 20, 2016

      Então como logo mais teremos o início ao desfralde serão três cervejinhas!!!!

  • Claudia Bins
    outubro 18, 2016

    Deu pra sentir o desespero no texto, mas foi impossível não dar risada aqui (sorry!). Eu com duas, em idades diferentes já passei por dias semelhantes, imagino vocês aí! kkkk sempre lembro das 60 unhas para cortar!!!!

    Calma, passa rápido e depois vocês terão ótimas histórias para lembrar.

    Abraço,

    Claudia
    @AsPasseadeiras

    • Adriano BISKER
      outubro 20, 2016

      60 (!!!!) unhas!! Uiaaaaaa!!!! Por que me traz esta lembranças? hahahahahah
      Eu sei que passa, ah como sei!!!! Amo muito tudo isso!!!

  • Michele Gobbato
    outubro 19, 2016

    Cansada só de ler kkkk mas não temos escolha ou danos conta ou damos conta né

    Mi Gobbato

  • Luciana Emely
    outubro 19, 2016

    To com dor na barriga de tanto rir do seu relato!!!!!! Juro, achei que era super difícil lidar com um bebê… imagina com três????
    Mas o que eu mais ri, foi o “comportamento” das três quando a mamãe chega… kkkkk Bem típico né?
    Parabéns para vocês dois por conseguirem superar as dificuldades e cuidar das três tão bem. Bjos

    • Adriano BISKER
      outubro 20, 2016

      Ontem tive a minha “vingança” Cheguei mais cedo em casa e fui recebido de uma forma que me emociona agora só de lembrar! Uma começou a dançar com os braços para cima, outra ficou papai papai papai, a terceira estava sentada no sofá, desceu, veio me dar um abraço e beijo e voltou a sentar.. Como não amar isso??? rsrsrsr Obrigado pelo carinho querida!

  • Victor Hugo Feliciano Casagrande (@VitaoKazones)
    maio 26, 2017

    Quem disse que pai não consegue? Chupa sociedade, hehehehe…
    @VitaoKazones

  • MARCOS
    julho 5, 2017

    Biske, me amarrei no seu dia!
    Apesar de achar que seu dia tem bem mais horas que um dia normal.
    Eu por exemplo adoro ficar com a Tarsila enquanto a mamãe esta de plantão.

    • Adriano BISKER
      julho 5, 2017

      Quem me dera ter pelo menos 30 horas por dia (acho que mesmo assim não ia dar tempo nem para uma soneca!)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen: