SUGESTÃO DE PEÇA GRATUITA – Que Monstro Te Mordeu?

Por 0 , , , Permalink 1

Sempre buscando trazer informações e dicas bacanas, hoje eu trago uma que é imperdível A sugestão de peça gratuita – Que Monstro Te Mordeu?

Criado por Cao Hamburger e Teodoro Poppovic   como série televisiva em 2014, Que Monstro Te Mordeu? (TV Cultura, 2014-2015) transborda seu mundo pela primeira vez para fora das telinhas, para ganhar palco e espaço expositivo. Com texto e direção de Carla Candiotto, o espetáculo homônimo fica em cartaz de 9 de junho a 2 de dezembro,no Teatro do Sesi-SP.

As apresentações acontecem aos sábados e domingos, às 14 horas, com entrada gratuita.

Além do espetáculo, a criançada também poderá visitar, a partir do dia 6 de junho, uma exposição gratuita que exibe várias etapas do processo de criação da série infantil, coprodução de sucesso da TV Cultura e do Sesi-SP entre 2014 e 2015.


Com curadoria de Teodoro Poppovic, A Monstruosa Exposição dos Monstros convida o público a conhecer de perto onde e como o simples ato de desenhar dá vida aos monstrinhos. Ao propor uma experiência imersiva e interativa, a exposição apresenta os bastidores criativos do programa e também o seu imaginário. Pinturas, desenhos, animações e projeções mostram as etapas de criação dos personagens: do papel em branco ao desenho da criança; do roteiro à animação da série. Os visitantes também têm a oportunidade de desenhar suas próprias criaturas e vê-las serem exibidas dentro da exposição. Tanto a exposição, quanto o espetáculo teatral apresentam narrativas complementares e prometem encantar fãs da série e também aqueles que ainda não a conhecem.

Sobre o espetáculo Que Monstro Te Mordeu?

 

A história do espetáculo se passa no Monstruoso Mundo dos Monstros (MMM), um lugar onde os monstros desenhados pelas crianças ganham vida. Certo dia, aparece por lá Lali (interpretada por Bebel Ribeiro), uma monstrinha diferente dos demais. Nesse novo mundo, ela começa a conhecer novos amigos – a doce Luísa, o faminto Gorgo e o hiperativo Dedé – até encontrar o cientista monstrólogo Dr. Z , que descobre que ela pode ser, na verdade, uma humana. A partir desse momento, o MMM se transforma em um lugar de medo e intolerância. Cabe a Lali lutar por sua sobrevivência e mostrar para todos que a convivência com o diferente pode ser surpreendente.

 

Entre os monstros, destaque para Luiza – a poltrona cor de rosa; Gorgo – a lata lixo glutão; Dedé – a bola de chiclete; Dr Z – o cientista do vale; Morgume – o assistente do Dr Z; Sindico – o chato do vale; Sherman e shorume os lixeiros que reciclam o lixo do vale; Umus – os bagunceiros; Passaros e Lesmas (tem uma lesma que chama Clotilde). Os autores da série original assinam colaboração dramatúrgica. No elenco estão Alexandre Scaldini, Bebel Ribeiro, Daniel Costa, Fernando Mariano, Gilson Ajala, Melina Menghini, Nilton Marques, Paulo Henrique, Sandro Gattone, Sidnei Caria e Thiago Toledo. A direção de arte (cenografia, adaptação de bonecos e figurino) é de Marco Lima; a direção musical é de Marcelo Pellegrini, a iluminação fica por conta de Wagner Freire; e a direção de movimento é de Adriana Telg.

Carla Candiotto, que também escreveu o terxto, viveu com muito prazer sua primeira experiência na direção de teatro de bonecos revela que

“Na adaptação da televisão para o palco, foi desafiante redesenhar os bonecos e manter suas características. Também foi desafiador montar as cenas com foco na comédia para o público infantil, seguindo  o tempo, o timing, de trabalhar com bonecos”,

 

No programa do espetáculo, ela escreve:


O que são monstros? Quem decide quem é monstro? Quantas vezes já fomos monstros? E por que aquele monstro nos chamou de monstro? Quem são os meus monstros? Que monstro me mordeu? Na geração de meus avós, havia monstros diferentes; hoje, alguns deixaram de ser monstros. O fato é que nossos monstros mudam como mudaram ao longo da história. Lali, uma menina corajosa e autêntica, chega a um mundo diferente com seres diferentes e nada disso a assusta. Para ela, todos são iguais, ainda que diferentes. Como a gente. Como deveria ser o nosso mundo.

A direção de arte de Marco Lima privilegiou cores e tons mais escuros para que os bonecos sobressaíssem às informações da cenografia. A história foi situada em um lugar engolido pela natureza e o colorido da série deu lugar a um ambiente cheio de boas surpresas. “Os bonecos receberam acabamento diferente da TV para se integrar ao palco. A gênese de cada personagem foi respeitada do original, porém adaptações foram realizadas para melhor integração com toda a plástica do espetáculo. Várias técnicas de manipulação são utilizadas durante a peça para que cada personagem não perca sua essência”, conta o criativo.

 

E sobre a exposição A Monstruosa Exposição dos Monstros?

 Na abertura da série infantil Que Monstro Te Mordeu?, Dr. Z anuncia: Toda vez que uma criança desenha um monstro, ele ganha vida em um lugar muito especial“.  E esse lugar existe!Que Monstro Te Mordeu? A Monstruosa Exposição dos Monstros apresenta o universo dos monstros que se imagina e que se cria a partir do simples ato de desenhar. Ao propor uma experiência imersiva e interativa, a exposição apresenta ao público os bastidores criativos do programa e também oseu imaginário. Pinturas, desenhos, animações e projeções mostram as etapas da criação dos personagens: do papel em branco ao desenho da criança; do roteiro à vida animada na série.

A atmosfera do espaço proporciona um mergulho neste universo de monstros, também estimulando a imaginação do público ao sugerir que desenhem suas próprias criações e criaturas, que até podem ganhar vida ao serem exibidas no local.

 

 

Serviço:

 

Espetáculo Que Monstro Te Mordeu?. Temporada: De 9 de junho a 2 de dezembro de 2018 – não haverá apresentação  dias 17 e 22 de junho, em virtude dos jogos da Copa do Mundo de Futebol.

 

Horários:sábados e domingos, às 14 horas. Local: Teatro do Sesi-SP, no Centro Cultural Fiesp (avenida Paulista, 1313, em frente à estação Trianon-Masp do Metrô)

Capacidade: 456 lugares. Duração: 60 minutos. Classificação indicativa:Livre para todos os públicos. Entrada Gratuita. Reservas antecipadas de ingressos pelo site www.centroculturalfiesp.com.br e ingressos remanescentes diretamente na bilheteria do teatro, no dia do espetáculo, a partir das 13h horas. Sessões exclusivas para grupos e escolas: quintas e sextas às 11h, a partir de 7 de junho

Agendamentos escolares e de grupos:ccfagendamentos@sesisp.org.br

Recomendadas para crianças a partir de 3 anos.

 

Ficha Técnica:

 

Texto e Direção: Carla Candiotto | Colaboração Dramatúrgica: Cao Hamburger e Teodoro Poppovic | Elenco: Alexandre Scaldini, Bebel Ribeiro, Daniel Costa, Fernando Mariano, Gilson Ajala, Melina Menghini, Nilton Marques, Paulo Henrique, Sandro Gattone, Sidnei Caria e Thiago Toledo |Direção de Arte (cenografia, adaptação de bonecos e figurino): Marco Lima | Direção Musical: Marcelo Pellegrini |Iluminação: Wagner Freire | Direção de Movimento: Adriana Telg. Gestão de Projeto e Produção: Marlene Salgado | Realização: Sesi-SP

 

A Monstruosa Exposição dos Monstros – Curadoria: Teodoro Poppovic. Visitação: 6 de junho a 28 de outubro de 2018. Horários: terça a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 10h às 20h. Local: Espaço de Exposições do Centro Cultural Fiesp, avenida Paulista, 1.313, em frente à estação Trianon-Masp do Metrô.Classificação indicativa: Livre para todos os públicos. Entrada Gratuita. Mais informações em www.centroculturalfiesp.com.br . Agendamentos escolares e de grupos: ccfagendamentos@sesisp.org.br

 

 

 

 

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.