Por que sentar à mesa fortalece sua família

Por 8 Permalink 4

Sempre que posto fotos com minha família à mesa recebo um monte de mensagens comentando sobre a beleza da cena e questões de porque sentamos juntos.

À medida que ficamos cada mais ocupados, diversas coisas são cortadas em nossa rotina. Assim, sentar à mesa como uma família pode ser visto como algo inconveniente, mas acredite, é uma das melhores maneiras de construir um forte relacionamento com sua família.

Não digo que tem de fazer todos os dia. Você provavelmente terá uma ou duas noites com um evento no meio do caminho desta refeição caseira. De vez em quando, faz parte, mas se isso acontecer todas as noites da semana, será prejudicial.

Planejamento

Assim, planeje para que estas refeições se realizem, nem que seja aos sábado ou domingo.
Planeje preparar refeições fáceis em noites ocupadas e assim sua família pode comer uma refeição saborosa feita em casa.
Certifique-se de que você tem os ingredientes para cada refeição, pois se tiver que sair correndo para o mercado atrás de um ou dois itens, você irá gastar o tempo que você poderia estar com sua família.

Use as refeições em família para ensiná-los sobre hábitos alimentares saudáveis

Você conhece alguém que não tem as melhores maneiras quando estão comendo? Arrotar, colocar os pé na mesa, deitar com a cabeça no braço?
É assim que você quer que sua família se porte quando estão comendo com outras pessoas?
Aproveite estes momentos e dê o exemplo. Ensine seus filhos a distribuir corretamente o alimento para si e outros na família. Mostre-lhes o valor de usar um guardanapo para limpar a boca e as mãos. Demonstre a maneira de usar os talheres em vez de mãos ao servir e comer uma refeição.
Alguns destes itens parecem básicos, mas se você não aprender em casa, ficará mais difícil aprender fora.
Mostre que algumas atitudes não são legais á mesa

Eu não estou dizendo que sua família tem que saber como se portar à mesa. Cada família tem as suas regras de condutas. Mas coisas simples como “Por favor, passe o arroz” e “Obrigado” são um bom começo.

Acrescente ingredientes reais, frutas e legumes à mistura.

Observando os pais, as crianças aprendem a se alimentar de frutas, verduras e sucos naturais, através de incentivos se alimentarem desta maneira. Mostre o por quê da necessidade de ingerir determinados alimentos, principalmente aqueles de cor que os filhos fazem caretas só de olhar.
Aproveite o momento para descrever seus benefícios, como força, energia, e inteligência. Que as gorduras presentes nos salgadinhos e lanches podem torná-las mais lentas, obesas e atrapalhar a capacidade de pensar (seus filhos não irão gostar de saber disso!)

Evite os jogos eletrônicos, celulares ou televisão

Sem a interferência de qualquer eletrônico possibilita criar uma atmosfera onde todos podem compartilhar pensamentos, histórias e fazer perguntas. Use a refeição para sentarem-se em uma mesa, tomarem o seu tempo comendo e desfrutando da companhia uns dos outros.
Use esse tempo para falar e aprender uns com os outros; Não há muitas outras vezes ao longo do dia onde você pode se conectar como este.
Isso vale principalmente para quando se come fora de casa!

Aproveite a conversa

Aproveite a oportunidade para ter conversas significativas com seus filhos e seu cônjuge.
Use este tempo para ouvir. Conheça as pessoas na vida de sua família. Seus hábitos. Suas dúvidas. Seus desejos. Seus medos.
Ser capaz de falar abertamente agora significa abrir portas de comunicação que perdurarão para a vida toda.

Não importa o quão velho seus filhos são, qualquer bom conselho que você pode dar para guiá-los através da vida será útil.
Você pode achar que eles não vão te ouvir mas acredite, eles podem te surpreender.
Se você pode dar esses conselhos quando eles não estão distraídos (como no jantar da família), torna-se muito mais provável que os conselhos vão entrar em suas mentes e fazerem eles escutarem.

Pode ser algo que aconteceu na escola e eles querem falar, ou uma dúvida que surgiu em relação a determinada situação. Tem oportunidade melhor do que esta para aconselhar seus filhos? Certeza que eles responderão bem a uma conversa sincera e honesta.

E uma coisa é fato (vejo isso em casa: ) Irmãos sempre contam coisas uns dos outros durante as refeições, e desta forma você fica a par  sobre a vida de cada um. Aproveite  para ampliar esta conversa franca, sem estresse ( o que fatalmente fará-los preferirem não comentar à mesa)

Como conversar

Às vezes temos que ler entre as linhas quando se trata de como uma criança se sente.
Quando perguntado como o dia foi, a resposta padrão poderia ser, “Bom”.
Mas você pode dizer em seu tom ou em sua linguagem corporal como ele realmente foi.
De lá, você pode usar o que você aprendeu de jantares anteriores para ajudá-los a passar por qualquer problema ou preocupação que eles têm.

Aproveite o tempo para comer com sua família. Torná-lo uma prioridade e como você trabalha para a consistência, ele vai se tornar um tempo estimado para sua família.

É hora de trazer a “família” de volta para a mesa de jantar. Compartilhando jantar juntos dá a todos um senso de identidade. Ele pode ajudar a facilitar os conflitos do dia-a-dia, bem como estabelecer tradições e memórias que podem durar uma vida!

Por isso amo sentar à mesa com meus filhos!

foto por Daniel Freitas

 

E em sua casa, todos sentam juntos?

Como é esta rotina?

Gostou? Compartilhe mas me marque, ok?

 

 

8 Comments
  • MARCOS ROMEU
    outubro 30, 2017

    Confesso que por diversas vezes chego ao trabalho atrasado pq fique na mesa com as meninas e não vi o tempo passa.
    Que post amigo ao ler você vai vendo como se constrói uma família unida.
    Aqui em casa sempre estamos a mesa para as refeiçoes principais e na medida do possível, passamos para a Tarsila o que ela precisa para se comporta fora de casa(confesso que nosso fraco e o macarrão pois ela sempre pega com a mão).
    Adoro chegar em casa e ver elas me esperando para o jantar.

    • Adriano BISKER
      outubro 30, 2017

      Que máximo!!! Obrigado por compartilhar, exemplo de família!!!! Sobre o macarrão, aos poucos ela vai observando os pais e comerá direito!

  • Fernando Alvarenga
    outubro 30, 2017

    Meu amigo, que postagem INCRÍVEL! Você quando junta a família está fortalecendo vínculos. Você acredita que esse último sábado (28) eu fui com Joana, aqui no Shopping Recife, até uma palestra da Gabriela Kapim, nutricionista e apresentadora do GNT. Ela reforçou conosco exatamente isso. Aqui em casa sempre sentamos à mesa, todos juntos, e conversamos e priorizamos a relação. Tem dia que não dá, mas estamos sempre priorizando. Esse reforço que você deu e o da Gabriela me colocam na condição de sempre lembrar e priorizar sentar juntos. Parabéns pela postagem e por reforçar valores de família. Eu já te disse, mas admiro demais sua família!

    • Adriano BISKER
      outubro 30, 2017

      Poxa meu amigo, feliz de saber que tenho (um pouco de) razão neste assunto! ;) Obrigado por compartilhar!

  • Rafael
    outubro 31, 2017

    O mais difícil é sempre estabelecer a rotina, né, mas depois vai que vai. Aqui sempre comemos juntos, às vezes sem nenhum eletrônico, às vezes assistindo algo juntos no tablet. O que tá rolando esses dias é Stranger Things todo jantar, até acabarmos essa nova temporada hahahahahahahaha

  • Victor Hugo Feliciano Casagrande
    outubro 31, 2017

    Confesso que a gente senta mais à mesa na casa dos avós, mas assumo também que essas refeições são muito mais gostosas, não pela comida, mas pelo clima criado de ter o membros reunidos para comer. Continue assim, vou introduzir esse hábito mais vezes em casa certeza!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen: