Para você, mãe cansada.

Por 36 , , Permalink 12

Um texto para você, mãe cansada:

Às vezes você não percebe o quanto realmente está cansada.

Você enrola o tempo, deixando passar.

Eu vejo você esquecer uma ou outra coisa, Esquecer o que estava falando. Do que estava fazendo. Das coisas simples e básicas.

Na verdade, o meu palpite é que, para a maioria de vocês, é que só quer alguém para perceber o quão cansadas vocês realmente estão.

As fases da maternidade têm diferentes sensações de estar cansada. São elas: Mental, emocional e físico.

Há tanta coisa sobre a vida que conscientemente você apenas quer puxar para cima o cobertor e cobrir a cabeça por mais uns 10 minutinhos.

Mas não.

Você não pode se dar este luxo.

Você se levanta.

Lava o rosto e (re)começa novamente.

Você adoraria que existisse uma solução simples para todo este cansaço.

Sabe por que você está cansada? Porque simplesmente ama seus filhos e fará o que for preciso para fazer o que precisa ser feito. Mesmo quando estiver exausta. Como agora.

Eu não acho que exista uma regra a ser seguida para não estar cansada enquanto é mãe. Não existe uma cura mágica, um comprimido – bom, existe o ato de dormir – mas como todos sabemos-  o sono é curto por pelo menos uns bons anos de suas vidas.
Então, em vez de tentar corrigir este cansaço, tem que aceitá-lo e fazer diferente, fazer o seu melhor.

Nada da loucura de se buscar a perfeição. Mas apenas  o seu melhor. Existem diferentes níveis de sentimentos de dar o seu melhor e, saiba de uma coisa: Nunca, deve ser comparado à outras mães. Nunca, ok?!. As crianças são diferentes. Tem personalidades diferentes. Hábitos diferentes. Cada uma no seu próprio ritmo.

Então, não se comparam.

Me lembro quando você perdeu a hora naquele dia. O alarme disparou e você nem percebeu.
Mas você conseguiu.  Mesmo cansada, levantou. Lavou o rosto e fez o que tinha de fazer.

Você se levantou. Tirou todas as filhas de suas camas, Trocou as fraldas, tirou os pijamas delas e dobrou. Arrumou as camas, Preparou o leite. Você trabalhou duro.

Todos aqueles outros momentos em que você pensou que não ia conseguir, mas você fez.

Há tantos de vocês que trabalham e trabalham e trabalham e ao final do dia se sentem acabadas. E nesta hora vocês percebem que as crianças não se importam com isto.

Eu sei que deve ser muito difícil aceitar esta informação.

Aliás, eu tenho certeza do quão cansativo deve ser.

Então, com tudo isso eu quero dizer uma palavra.

Obrigado.

Isso mesmo. Apenas esta palavra:

Obrigado. Obrigado por ser a melhor mãe que você pode ser. Mesmo se sentindo a pior das mães e, as vezes, apenas se sentindo irritada ou se sentindo dona da situação. Mas acima de tudo, obrigado por todas as vezes que continuou mesmo quando você estava cansada.

E, afinal qual poderia ser a cura para todo este cansaço? Eu acredito que seja quando começamos a reconhecer o muito que importa, mesmo estando exausta. E que a cura para não estar cansada na maternidade não é “quando as crianças crescerem”.

Então, saiba disto: Ser mãe significa estar cansada. Isso é normal. E está tudo bem. Basta fazer o seu melhor.

Obrigado, mães cansadas. Obrigado.

 

Texto feito para todas as mães. Não canso de repetir. Obrigado.

 

Clica no coração e mostre que curtiu a matéria!

Quer compartilhar? Fique a vontade, só não se esqueça de me mencionar! ;)

Comentários?? Somos todos ouvidos!! Adoro trocar experiências!

36 Comments
  • Michele Gobbato
    fevereiro 17, 2016

    Adriano se tivesse a opção de curtir curtiria 1000 vezes …. Realmente ser mãe não é fácil, dá trabalho (se não tiver tendo volte uma casa pois está esquecendo alguma coisa RS), cansa, irrita, dá vontade dr gritar, chorar, fugir mais também é gratificante, emocionante, maravilhoso … Não tem coisa melhor do que no meio do dia alguém de olhar e sorrir pelo simples fato de vc estar ai sentado ao lado dele, um beijo inesperado, um te amo no meio da brincadeira, faz o peso da maternidade e do cansaço ficar menor (nem que seja por alguns minutos), e o que as vezes torna esse nosso trabalho mais duro é a cobrança que nós mesmo fazemos de nós e dos nossos filhos, comparando com as “mães perfeitas das redes sociais”, por isso eu digo e repito principalmente quando percebo que falhei “não sou perfeita, meu filho não é perfeito, mais juntos somos melhores e felizes”.

    Michele Gobbato – Espaço das Mamães

    • Adriano BISKER
      fevereiro 17, 2016

      Michele, amei seu desabafo! Pode fazer um post deste que eu irei curtir 1.000 vezes!!! lendo e relendo suas palavras!!! Adorei!

  • Tatiane Lopes Pereira
    fevereiro 17, 2016

    Adriano post perfeito! Ser mãe é acima de tudo superação, as vezes (muitas vezes rsrs) estou exausta, esgotada, mas levanto lavo o rosto e arrumo forças sei lá aonde! Me vejo hoje outra pessoa, uma mãe que arruma forças onde for necessário.

    • Adriano BISKER
      fevereiro 17, 2016

      É isto mesmo! Este meu post fiz para mães como você! Obrigado!!!

  • Mariana Ferreira
    fevereiro 17, 2016

    Me identifiquei super… Amei

  • Juliana
    fevereiro 17, 2016

    Sem palavras, Adriano! Disse tudo e mais um pouco sobre a realidade da maternidade! Parabéns por reconhecer esse esforço!

    • Adriano BISKER
      fevereiro 18, 2016

      É o mínimo, cada ação maravilhosa que vocês fazem pelos filhos.. Tudo leoa!!!!

  • Tatiane Gallas
    fevereiro 17, 2016

    Ótimo texto! Muito bom quando temos a compreensão de alguém! Nesse cansaço todo que sentimos, às vezes uma palavra de carinho e um colo bastam.
    Ah, de nada!!! Hehe

  • Nicácio Belfort
    fevereiro 18, 2016

    Meu amigo, pense em um texto lindo, queria eu chegar perto de você na escrita, cara você escreve demais, parabéns !!!!!!

    • Adriano BISKER
      fevereiro 18, 2016

      Muita leitura ao longo da vida serviu para algo né? rs Abraços!

  • Alê Nunes
    fevereiro 18, 2016

    Amei! Vc super entendeu o que a gente sente.
    Eu entendi isso da pior forma, afundada em uma depressão pós-parto, por achar que eu podia dar conta, que estava tudo bem, que não precisava pedir ajuda.
    Mais uma vez parabéns, cada vez mais adoro teus textos!
    Abraço, Alê Nunes

    • Adriano BISKER
      fevereiro 18, 2016

      Comunicação, sinceridade e auto reflexão também são muito importantes para saber quando é a hora de pedir aquela força necessária! Obrigado para você também por tudo! bjs

  • Luciana
    fevereiro 18, 2016

    Que texto lindo e emocionante!!!! Fico encantada como vc consegue enxergar a maternidade com os olhos de uma mãe!!! Sim, ser mãe não é fácil (mas ser pai tb não é), e sempre a carga maior da parte de ter filhos recai para a mulher… mas se ela tem um companheiro ao lado, inspirando-a e ajudando-a tudo se torna mais fácil e ameno… Parabens a vc por ser esse pai/marido que és! Abraços

    • Adriano BISKER
      fevereiro 19, 2016

      Ter uma mulher e três filhas meninas me obrigam a ver com os olhos de uma mãe!!! Sim a mais carga sempre vai para mulher, por isso este texto, agradeço a mulheres como você, obrigado por tudo!

  • Fabiana
    fevereiro 19, 2016

    Parabéns pelo texto! Creio que os pais também cansam e muitas vezes nem demonstram. Seja para ajudar sua parceira, seja para ser o forte.
    Nós mulheres demonstramos mais nossas fraquezas e sim, cansamos muito. A rotina de ser mãe não é fácil, mas muito gratificante!!!

  • Fanny leão Carpentieri
    fevereiro 19, 2016

    Bisker!!!
    Que lindo!!!!
    Amo o que vc escreve!!!! Beijos

  • Laís Sass
    fevereiro 19, 2016

    Lindo seu texto, Adriano! Super me identifiquei!!! Esse mundo da maternidade é o trabalho mais exaustivo, mas o mais gratificante. É incrível que como um sorriso, mesmo banguela, um beijo, um abraço do “mais apertado” te recompõe, faz você querer descansar depois, mesmo sabendo que esse “depois” nunca vai existir. Obrigada por reconhecer o trabalho de tantas mães. Bjs.

    • Adriano BISKER
      fevereiro 19, 2016

      Linda suas palavras! E ri ao ler: como um sorriso,mesmo banguela! rsrsrsrsrs Obrigado!!!

  • Martagomis
    fevereiro 19, 2016

    Realmente não dá fácil ser mãe. Cansa …cansa fisicamente e emocionalmente… Temos q estar sempre alerta em cada detalhe!

  • Marcelle Tabosa
    fevereiro 19, 2016

    Bisker,

    Mais uma vez digo: texto maravilhoso!!

  • Carol gandra @caroleassinhazinhas
    fevereiro 21, 2016

    Amei e super me identifiquei!

  • Jacky lima
    fevereiro 21, 2016

    Tem dias que estou tão cansada que a beleza da maternidade some completamente, mas basta olhar para os meus filhos e tudo isso passa.

  • Ludmila
    fevereiro 22, 2016

    Nossa! Quão é real esse texto! Parabens pela bela leitura que vc faz sobre a maternidade! ! meu marido deveria ler isso rsrsrsrs

    Mila

  • Carol gandra @caroleassinhazinhas
    fevereiro 22, 2016

    Adorei!!!!!bjs

  • Leiliane
    fevereiro 22, 2016

    Que lindo seu desabafo, descreve o sentimento de milhares de mães !

    • Adriano BISKER
      fevereiro 23, 2016

      Eu percebi este sentimento, por isso o agradecimento! E um especial para você, mamãe!

  • Mariana
    fevereiro 22, 2016

    Adriano que palavras esta de parabéns , antes ficava cansada e reclamava sempre.
    Hoje dou o meu melhor sempre, nem sempre consigo fazer tudo , mas amanha é um outro dia né verdade.
    Termino o que não consegui.

    Abraços.

    Mari
    vamosmamaes. blogspot. com.br

  • Clair Roegge
    março 12, 2016

    No geral é muito cobrança né? Começando por nós mesmas, mães que tentam ser e fazer o melhor. Na verdade, nos falta comprender que não precisamos ser a melhor mãe, mas sim ser uma mãe com muito amor o resto flui com dias de estresse, cobranças mas muito amor!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.