Entreter NÃO é minha missão!

Entreter filhos é nossa missão?

Estamos prestes a entrar em férias e estou preparando o discurso para me demitir da função de diretor de filmagem.

Daqueles que tem de cuidar de tudo e todos e fazer a engrenagem funcionar.

Sempre me sinto como um diretor ao ter como missão deixar os meus filhos entretidos em tudo. Durante todo o dia.

Chega!

Eu quero que eles se aborreçam. Eu quero que eles tenham tempo livre para imaginar e criarem algo por si só.

Mas depois de ter cada minuto do seu dia totalmente estruturado, a transição para a liberdade nem sempre é fácil.

Eu definitivamente não vou ganhar o prêmio “melhor pai” com esta postagem. Podendo até parecer que contrario diversas coisas que já escrevi anteriormente no meu blog.

No entanto, temo que esteja me dirigindo por um declive escorregadio e preciso começar a falar sobre isso. Por algum motivo, nós, como pais, temos essa estranha crença de que é nosso trabalho entreter nossos filhos, O tempo todo.

No caso de você não estar convencido… Sinta-se à vontade para olhar em outros perfis do Instagram ou visitar um dos incríveis blogs com atividades para crianças.
Mas eu também sou culpado de girar minhas rodas dia após dia, mostrando as experiências divertidas que tenho com meus filhos… Tudo em nome de ser considerado um “bom pai”.

Inventando mais coisas….

Sim, queremos que nossos filhos tenham uma infância feliz com uma variedade infinita de experiências.

Mas isso certamente não significa que devo ficar passando o meu tempo criando e envolvendo meus filhos em atividades.

Se o seu objetivo final é o mesmo que o meu (criar os filhos para serem independentes, maduros, que amem e respeitem o próximo), então o “divertido” certamente não é o onde nosso foco deveria estar.

Então, o que podemos fazer?

Saber quais as suas necessidades de alimentação, higiene e banho? Sim.

Ensinar nossos filhos? Sim.

Participar com nossos filhos em jogos? Sim.

Aproveitar os nossos filhos? Sim.

Jogar com nossos filhos? Sim, (mas não a cada minuto do dia!).

Incentivar nossos filhos a pensarem nos outros antes deles? Sim!

Rir, fazer cócegas e beijar nossos doces bebês? CLARO!

Entreter nossos filhos a cada minuto do dia? NÃO!!

Abraçar pode? DEVE!

O fato é que: Quando colocamos como nossa missão na vida garantir que nossos filhos sejam entretidos e mantenham se divertindo, estamos ensinando-lhes que é isso que a vida é, ou seja, Eles e tão somente ELES!!!

Deixemos as crianças usarem sua imaginação e sua própria criatividade para criar algo divertido de fazer por conta própria!

Ao invés de sair do nosso caminho para encontrar maneiras de entreter nossos filhos, vamos sair do nosso caminho pensando em oportunidades que podemos dar para nossos filhos buscarem seus caminhos!

Ou seja, vamos parar com esta obrigação que temos de ficar entretendo nossos filhos?!

O que você acha?

E lá vai eu entreter!

Gostou? Coloque o seu joinha lá no coração!

Quer compartilhar? Pode (deve!) Mas me marca ok?

Das fotos? Ah.. Momentos mágicos com meus filhos clicados por Daniel Freitas,o mago das fotos!

6 Comments
  • Victor Hugo Feliciano Casagrande (@VitaoKazones)
    junho 30, 2017

    A gente gosta de comparar pais com heróis, e, por causa disso, acabamos esquecendo que pais, na verdade. são humanos… com direito a todas as imperfeições e limites que um ser humano tem.

    Às vezes, aliás, muitas vezes, precisamos de um tempo para nós, para nos recarregar e voltar a ser aquele pai ativo e exemplar, mas como? Se male male nem temos muito tempo para dormir, outra coisa também necessária.

    A vida não é fácil, relacionamentos (familiares, amorosos e profissionais) não são fáceis, a gente vai tentar mostrar e ensinar isso aos nossos filhos, mas, na verdade, eles vão aprender mesmo é na prática, e ver o pai exausta e sem cabeça para ser um superpai faz parte dessa experiência de aprendizado.

    • Adriano BISKER
      junho 30, 2017

      Sensacional!! Bem por ai mesmo!!! Queri ter aqui o emoticom de palmas!!

  • MARCOS ROMEU
    junho 30, 2017

    Cara! Super me indentifiquei com o texto.
    Aqui em casa a prioridade é o bem estar de ambos, todos tem seu tempo e na maioria das vezes a nossa pequena Tarsila precisa ser criativa para não cair na frente da tv.
    Sendo assim, acho que estou pronto para as férias.
    Adorei as fotos!!!!.

  • Papai Educa
    julho 3, 2017

    Que delícia de reflexão, Bisker.
    Seu desabafo é o meu…É cultural.
    Não estamos aqui para “entreter” os filhos, mesmo… que na prática, consigamos ser mais “livres” destes estereótipos…que neste espetáculo da vida não sejamos nós os únicos no palco! Que o ócio seja tempo para criatividade, liberdade… O tédio também nos ensina!

    • Adriano BISKER
      julho 3, 2017

      Exatamente isso! Concordo com as suas palavras! E viva o tédio!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen: