A despedia de nossa babá

Por 0 , , , Permalink 1

As minhas trigêmeas recém completadas três anos andam por esses dias mais complicadas do que de costume. Virose tripla, que desencadeou em amigdalite, otite, sinusite, bronquite e todos os “ites” possíveis entram neste cálculo, causando febre alta, dificuldade de respirar.. Ufa! 🤒🤧😷

Noites mal dormidas, choramingo e pedido de colo fizeram parte da nova rotina.

E entrou mais uma mudança para agravar o quadro: A nossa querida babá Marta, se despedirá delas em breve, alçando novos voo profissionais.

Testando outras pessoas, as tri nem deram bola, já sentindo algo “estranho” no ar passaram a se apegar mais à Marta, pedindo por colo e chamando a atenção dela.

Afinal, não é para menos… Ao cuidar de verdade, gerou naturalmente nas meninas os sentimentos de amor, afeto, cumplicidade e companheirismo.
Tomar as rédeas da rotina, como preparar a comida, dar banho, trocar as roupas… Brincar no chão, saber ouvir, entregar de coração, fez dela um membro da família.

Voltando no tempo, lembro que eu e minha esposa, não tivemos opção a não ser contar com uma profissional para ajudar com as pequenas, que vieram prematuras. Experiente com o trato com seres humanos, ajudou muito a mãe nos primeiros meses de vida das tri.

Abro aqui uma pausa para enfatizar: Valorize muito a pessoa que se entrega para cuidar dos seus.

Enfim, atualmente vem sendo desgastante procurar outra pessoa para ocupar esta lacuna, já que buscamos quem pode oferecer a segurança, habilidade e afeição, pois, como sabemos não é fácil com uma criança, então imagina com trigêmeas!

Ciente que nenhuma substituirá a querida Marta buscamos acalentar nossa alma sabendo que elas já são maiores, menos dependentes e consciente de suas ações.

Sim, tenho certeza que as meninas sentirão um impacto da perda, como nós, mas quem disse que crescer é fácil? Faz parte do aprendizado, né?

O aprendizado que crescer  dividindo a cumplicidade, a ternura, o comprometimento e a alegria de estar com quem te ama de verdade.

Acabar a rotina com a Marta dará um aperto no coração, trazendo a necessidade de reconstruir novos laços.

Mas não significa um fim. A Marta sabe muito bem que a nossa casa sempre estará aberta para ela. Que poderá nos visitar ou usar o telefone sempre que bater a saudade!

E nós, guardaremos na memória os ótimos momentos que tivemos com a querida Marta. 😀😀😀

Marta, obrigado por tudo!

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.