Crenças de como ser um bom pai

Por 36 , , , Permalink 3

Sempre ouço que “criar filhos é o trabalho mais difícil do mundo”

A verdade é que não existe um “caminho certo” ou “fórmula certa” para ser um bom pai. Sejam as circunstâncias, valores, cultura, a própria educação dos pais ou a experiência com os sucessos e fracassos anteriores de paternidade.

Fato é que todo mundo tem a sua opinião. Mas, afinal, quem se importa? Como você é o pai, serão as suas escolhas, certo?

Veja, ser pai é uma escolha tão pessoal, que é provável que nunca encontraremos um consenso do que é certo ou errado. O problema é que, muitas vezes, (convenientemente) nos esquecemos que ninguém é perfeito, especialmente quando se trata de paternidade. Certamente eu fui criado de forma diferente do que eu estou criando meus próprios filhos. Mas tenho algumas crenças que todos os bons pais fazem:

Contar as suas bênçãos

Pai ruim não contam as suas bênçãos. Eles vêem seus filhos como um fardo. Eles vêem os seus sacrifícios como inconvenientes, na melhor das hipóteses. Mais frequentemente, eles são ressentidos e consideram os sacrifícios pessoais uma tremenda injustiça, e tratam de evitá-los a todo custo.
Bons pais sempre encontram um jeito de apreciar a bênção de ser um pai. Não importa a extensão da dificuldade, bons pais estão dispostos a fazer o que é o melhor para o seu filho.

Mostrar o caminho

Maus pais não se esforçam em criar futuros homens e mulheres. Eles fazem seus filhos crescerem para continuarem sendo crianças. Eles não têm planos, regras, expectativas e “técnicas” de paternidade que deliberadamente irão ajudar seus filhos no futuro. Eles preferem ser um bom amigo a ser um bom pai. Bons pais tentam dar aos seus filhos as ferramentas para sair para o mundo e ajuda-los a serem felizes em sua fase adultas por si mesmos.

Olhar para os outros

Maus pais são narcisistas. Eles nunca acreditam que eles têm o suficiente. Tudo é realmente apenas sobre eles.
Bons pais não espera que o mundo gire em torno deles. Bons pais são doadores. Porque eles são cientes de suas bênçãos.

Aprender constantemente a ser melhores pais

Maus pais não estão aprendendo a ser pais melhores. Eles têm uma visão tão simplista sobre educação de filhos que eles não vêem qualquer razão para fazer algo diferente. Eles estão sempre certos.
Bons pais se adaptam às mudanças. Bons pais sempre buscam novas informações.
Um mau pai é rápido para desistir. Se sua relação com o seu filho não tem confiança, divertimento ou respeito, ele fatalmente irá desistir após poucas tentativas para encontrar uma solução.
Bons pais não cedem ou desistem de criar seus filhos. Sempre. Eles não desistem, só porque eles não sabem como lidar com algo. Eles aprendem. Ou buscam o aprendizado.

Ensinar o bem através de exemplo

Maus pais não ensinam o bem: Eles podem intencionalmente ensinar ódio e narcisismo.
Bons pais, independentemente do ponto de vista religioso, cultural ou educação, ensinam os filhos a serem boas pessoas, através do exemplo.
Bons pais não intimidam as pessoas em suas vidas. Eles ensinam seus filhos a apoiar os outros através dos seus próprios exemplos de ser um bom amigo.
Bons pais pedem desculpas para os outros quando eles estão errados. Através deste exemplo, eles ensinam aos filhos a humildade.
Bons pais são honestos. Eles darão o exemplo de ter integridade.
Bons pais falam e se preocupam com o mundo. Eles ensinam seus filhos a fazer parte de uma comunidade. A cuidar da natureza
Bons pais ensinam seus filhos a amar, fazendo-os se sentirem amados.
Ou seja, bons pais ensinam pelo exemplo.

Estas são algumas de minhas crenças. Como disse antes, não há um consenso do que é certo ou errado. Sinceramente? Faça o que seu coração mada. Eu farei o que o meu entende o melhor.

36 Comments
  • Mariana Ferreira
    fevereiro 24, 2016

    Excelente texto.. Amei..

  • gabriella
    fevereiro 24, 2016

    Adorei o texto! Infelizmente nem todos os pais tem essas consciências! PARABÉNS

    • Adriano BISKER
      fevereiro 25, 2016

      Tem de tudo né? Mas quem sabe podemos mudar esta consciência aos poucos…

  • Carol gandra @caroleassinhazinhas
    fevereiro 25, 2016

    Pra mim ser um bom pai significa tempo com qualidade, dedicação e muito amor.

  • Michele Gobbato
    fevereiro 25, 2016

    Adorei o texto e concordo com ele, mais infelizmente alguns maus pais acham que estão sendo bons pais né ….

    Michele Gobbato – Espaço das Mamães

    • Adriano BISKER
      fevereiro 25, 2016

      Tem de tudo.. Infelizmente.. AM vamos fazer nossa parte e aos poucos mudar esta concepção errada…

  • Deia Tomaz
    fevereiro 25, 2016

    Lindo texto. Grandes pais sao realmente os q investem tempo na vida dos filhos… Educar é trabalhoso e muitas vezes é mais facil ser parceiro do filho ao inves de ser pai. O problema é q a vida cobra e la na frente isso fara diferenca!

  • Fabiana
    fevereiro 25, 2016

    Muitos pais precisavam ler seu texto. Há muitos bons pais por aí, porém uma infinidade de homens que nem ligam para paternidade. Deixando a responsabilidade toda para a mãe. Ou sobra para outros familiares…
    Continue com suas crenças!!

  • Nicácio Belfort
    fevereiro 25, 2016

    Um dos melhores textos que li esse ano ;) Parabéns !!!!! Sou fã do Pai de cinco ;)

    • Adriano BISKER
      fevereiro 25, 2016

      Valeu meu amigo! Fico feliz desta resposta vindo de você!!

  • Marcelle Tabosa
    fevereiro 25, 2016

    Bisker, confesso que fico esperando pelos seus textos, sempre tão verdadeiros, bem escritos… Parabéns!

    • Adriano BISKER
      fevereiro 26, 2016

      Marcelle, agora você me fez ganhar o dia! :):):) obrigado!!!

  • Fanny leão Carpentieri
    fevereiro 26, 2016

    Bisker vc Eh demais!!! Amo
    O que escreve! Já te falei isso e vou falar sempre !!! Beijao

  • Louise Aguiar
    fevereiro 26, 2016

    Amei o texto, Bisker. Pena que nem todos os pais pensam e agem assim. Graças a Deus acredito nessa geração de paternidade ativa! Parabéns!

    • Adriano BISKER
      março 1, 2016

      Tem de tudo né Louise… Mas vamos fazer a nossa parte que aos poucos cada vez mais teremos uma paternidade ativa!

  • Luciana
    fevereiro 26, 2016

    Lindo o texto… emocionei!!! Agradeço a Deus por ter escolhido um excelente pai, que é super presente na vida da nossa joia! Parabens por ser um pais exemplar… bjo

  • Adrianny
    fevereiro 26, 2016

    Que excelente texto!! Precisamos de mais papais como você

    • Adriano BISKER
      fevereiro 26, 2016

      Hahahah obrigado! Todos são únicos e tem suas qualidades!

  • Ludmila
    fevereiro 26, 2016

    Ser “bom” ou “mal” pai ou mãe sempre gera polêmicas! Apesar de existirem valores e conceitos universais, nem todos pensam a agem como nós (teoricamente bons pais). Fico triste ao ver pais agindo da forma que não deveria, pois quem sofre é a criança! Me parte o coracao! Mas aprendi que de nada adiante falar, pois para eles, estão fazendo certo e nos que estamos loucos! A inversão dos valores é muito presente na nossa geração, e quem foi criado dessa forma, criará os filhos igual!
    Parabéns pelo post!

  • Leiliane
    fevereiro 26, 2016

    Eu simplesmente amoooo os seus textos, belissimo !! PARABENS !!

    • Adriano BISKER
      fevereiro 29, 2016

      Obrigado Leiliane, adorei saber que alguém gosta de ler os meus textos! ;)

  • Alê Nunes
    fevereiro 26, 2016

    Concordo muito, não existe ‘receita de bolo’ para criar filhos, não é porque é bom para o meu filho, que vai ser para o seu. O melhor é seguir nosso coração!
    Alê Nunes

  • Tatiane Lopes Pereira
    fevereiro 28, 2016

    Lindo texto, gostaria que ele chegasse a todos os pais que se julgam bons e nem sabem oque é ser paipai! Graças a Deus aqui marido é um pmaravilhoso, mas sei que são poucos né

    • Adriano BISKER
      fevereiro 29, 2016

      Tem de tudo, mas cada um de nós temos que olhar para si mesmo e ver o que quer de melhor para si e sua família né?

  • Jacky lima
    fevereiro 28, 2016

    Se todos os pais tivessem essa consciência o mundo seria um lugar mais bonito! Parabéns!

  • Mariana
    fevereiro 28, 2016

    Adorei o texto, eu não tive uma referencia de pai em casa , pois minha mãe foi a mãe e o pai e ela fez o melhor dela.
    O Gabriel tem um pai muito bom e presente, mesmo longe trabalhando ele está presente na vida dele, e isso vai fazer muita diferença para ele na vida adulta.

    Bjs

    Mari

    vamosmamaes.blogspot. com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.