Como tirar os filhos do mundo digital e levar para o real

Por 29 , , , , Permalink 7

Chamam eles de gração Z, geração Google, nativos da era digital…

Trata-se da geração que nunca conheceu o mundo sem internet, smartphones, etc  . Qual quer que seja a nomenclatura de quem nasceu neste milênio, fato é que o mundo digital é um marco que chegou para ficar.

Muito alegam que esta geração está de alguma forma “perdendo” as coisas que experimentamos em nossa própria educação. Eu não concordo.

A implicação é por que as crianças tem acesso a tablets, smartphones, canais on-demand, internet e outros luxos, sendo, de certa forma, uma analogia ao que acontece no filme “Matrix” onde todos os seres humanos nascem e vivem dentro de um imenso programa de computador.

Vários destes argumentos vem de pessoas que provavelmente tiveram pais lamentando sobre o que a televisão causava aos filhos. ou o rádio ou, escolha a época e tecnologia do momento.

Ok, eu estou aqui para falar que não precisa ser assim. E, confesso, sou uma pessoa totalmente digital . Trabalho com computador. Tenho este blog. levo meu smartphone para todo lugar. Leio em kindle. Provavelmente eu gastei mais metade da minha vida adulta ligado a um dispositivo digital de uma forma ou outra.

Mas a única razão para que nossas crianças pareçam que estão sendo sugadas pela Matrix é por que… NÓS DEIXAMOS! É isto mesmo que você está lendo.

Então, cabe a nós mostrarmos o mundo fora da Matrix, certo? Mas, como?

Eu tenho algumas dicas!

 

Jogos. Claro, meus filhos amam jogos do tipo Minecraft. Ou Fifa. Mas os dois tem muito prazer quando coloco um jogo de tabuleiro na mesa, como War, liga 4, detetive, batalha naval, gamão, Jenga, LEGO, ou seja, jogos de tabuleiros e de montar em geral. Nós sentamos regularmente como uma família para estes jogos e, pode ter certeza, eles adoram tanto quanto o seu entretenimento digital.
Leitura. Coloque um livro na mão dele. Uma revista. Leia junto. Eles irão curtir e com certeza deixar de lado os tablets.
Atividades: Montar, cortar, colar, pintar, olha quanta coisa dá para fazer! Use a sua criatividade, estimule a criatividade dos seus filhos!

 

Ou seja: O segredo para que eles larguem um pouco a tecnologia é… NÓS MESMOS! Quando achamos um tempo para jogar (no mundo real)  eles adoram. Quando lemos juntos como uma família, ou assistir a filmes, fazer artes e ofícios – eles amam!

Então este é um fato; Cada vez menos as pessoas estão fazendo isso – jogar e fazer atividades com os filhos. E com isso, as crianças buscam seus aparelhos digitais, YouTube, ou vídeo games. – Assim como você teria feito se fosse uma criança, caso tivesse esta oportunidade….

E aí, o que está esperando para tirar os olhos do smartphone ou do computador, e chamar o seu filho para que ele também largue o que tiver na mão e irem se divertir fazendo algo juntos?

 

 

(Todas fotos removidas)

29 Comments
  • Gabriella
    março 15, 2016

    Adorei o post! Isa ainda não se liga muito em tecnologia, ela adora brincadeiras que a façam sair de casa! É claro que uso tablet e até mesmo meu celular pra passar videos pra ela quando estamos fora de casa, mas ainda não é a melhor opção pra ela. Abraços!

    • Adriano BISKER
      março 15, 2016

      Muito bom! Se todos fossem igual a Isa… Seria bem mais fácil né?

  • Louise Aguiar
    março 15, 2016

    Acho muito bacana você abordar esse tema. Hoje parece que eles nascem conectados! Eu digo aqui, que a culpa é totalmente dos pais, que vivem vidrados no telefone. Pelo menos aqui em casa, a regra é quando estamos com ele, estamos apenas com ele.

  • Michele Gobbato
    março 15, 2016

    Aqui usamos os dois para nos divertir … Virtual e o real … Meu filho ama jogar no video game, ipad, notebook e assistir a vídeos, mais ama tbm jogar bola, andar de patins, bike ou patinete, ler, desenhar/pintar, fazer bolinhas de sabão, ficar brincando com a cachorra e assim vai indo … Concordo com você, eles fazem o que nós deixamos e para mim tem que haver um equilíbrio pois o que pode ajudar acaba atrapalhando

    Michele Gobbato – Espaço das Mamães

    • Adriano BISKER
      março 15, 2016

      Este é o segredo! buscar o equilíbrio certo!!! Muito bom!!!

  • Fabiana
    março 15, 2016

    Meu filho tem pouco contato com a tecnologia. Evito usar meu celular perto dele e brincamos bastante. Sei que será inevitável, mas enquanto der vou postergar o uso de tecnologia por ele!!

  • Fanny leão Carpentieri
    março 15, 2016

    Show Bisker!!
    Aqui rola de tudo Tb!! Tem hora de iPad, hora de livro antes de dormir,hora de lego, quebra cabeça que ele ama. É claro a indispensável e velha televisão Tb!!!✌️

  • Carol gandra @caroleassinhazinhas
    março 15, 2016

    Boa! Arrasou como sempre no texto!

  • Deia Tomaz
    março 16, 2016

    Equilibrio é sempre a melhor saída!
    Por aqui, meu Joao adora o ipad do papai, mas sabe q tem tempo para usa-lo. E ja aprendeu muito ali: cores, numeros, nome de animais tudo em ingles. Quero q ele se familiarize com o idioma.
    Mas tb nao diapensamos atividades ao ar livre, jogos, atividades manuais… Nao deixamos q ele se isole no ipad…

  • Alê Nunes
    março 16, 2016

    Muito certo mesmo, acho que a melhor dica é nós dedicarmos tempo para brincar com eles.

  • Luciana
    março 16, 2016

    Adorei as dicas!!!! Por aqui o pequeno já tá viciado no tablet e celular! Só para jogos… mas preciso me policiar para não deixar perto dele! Estamos brincando com alguns jogos educativos para desviar a atenção. Irei adotar algumas dicas suas… beijos

    • Adriano BISKER
      março 17, 2016

      Legal! Temos que atentar pois se passar batido, fica difícil tirar!

  • Claudia Bins
    março 17, 2016

    Concordo plenamente! Depende de nós disponibilizarmos tempo para nossos filhos, que sempre vão preferir estar conosco desde que nós estejamos realmente ali com eles. Muito bom!

  • Ludmila
    março 17, 2016

    Nossa! Amei! Compartilho do mesmo pensamento! Parabéns! !

  • Mariana Ferreira
    março 18, 2016

    Adorei o post, compartilho a mesma coisa aqui em casa.

  • Adriano BISKER
    março 18, 2016

    Isso mesmo, adorei!!!

  • Jacky lima
    março 19, 2016

    Aqui em casa é uma lutar árdua todos os dias, meu filho mais velho só pensa em vídeo game e computador.
    Eu controlo os horários para que não fique o dia inteiro somente nisso e o faço brincar com os brinquedos que ele tanto pede pra ganhar e larga de lado, leio com ele e brincamos juntos quando consigo!

  • Nicácio Belfort
    março 19, 2016

    BISKER a cada post eu tenho um baita orgulho de ser seu amigo ;) parabéns ;) quero que o Ben passe tudo no momento certo (;

  • Tatiane Lopes Pereira
    março 21, 2016

    Adorei as dicas, aqui é dividido momentos tecnológicos e de brincadeira

  • Mariana
    março 21, 2016

    O Gabriel adora ver celular Adriano, mas agora deixo 1 dia sim e outro não, por 20 minutos.
    Eu gosto que ele brinque muito de massinha, de pega pega, amarelinha do jeito dele é claro.
    Adoro caminhar com ele na rua.
    Quanto menos o acesso a internet acho melhor.

    Bjs

    Mari
    vamosmamaes.blogspot.com.br

    • Adriano BISKER
      março 22, 2016

      Boa!! Até me lembrei de uma música que mais tocam em nossas playlists: Viva a Mariana, viva a Mariana! rsrssr

  • Laís Sass
    março 22, 2016

    Super concordo!!! As vezes fico muito chateada comigo mesma e há 1 mês não uso mais o note na frente do meu filho e me regulo com o celular. Acredita que já melhoramos? ah, e 1 dia do final de semana é só para atividades em família e só qd chove a Netflix está liberada. rs Concordo com tudo que você disse, Bisker!!! Parabéns!

  • Juliana
    março 26, 2016

    É realmente muito tentador esse mundo digital! Meu pequeno já conheceu! Mas como é muito medroso, conversamos e eu disse a ele que os joguinhos podiam trazer pesadelos quando jogados muito tempo… Resultado, ele só joga de manhã e olhe lá! Rsrsrs

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen: